Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto 24, 2014

A R T E - Zerg118

Artista chinês muito bom, bastante detalhes e muita fantasia em suas obras.
Mais trabalhos seus em sua página, http://zerg118.deviantart.com/.




A R T E - Allison Theus

Artista estadunidense, com uma arte voltada a desenhar monstros, com bastante detalhe sua criatividade impressiona.
Mais trabalhos em sua página, http://beastofoblivion.deviantart.com/.





A R T E - Stephen Oakley

Incrivel artista americano, seus trabalhos viscerais esbanjam detalhes, seres monstruosos, uma arte crua e detalhista.
Mais trabalhos em sua página, http://stephen-0akley.deviantart.com/.





M Ú S I C A - Betterman - Unsimulated Acts [Official Music Video]

Grande banda de hardcore melódico de Jundiaí-SP, pra quem curte um HC, som sensacional.

M Ú S I C A - HAPPY - Walk off the Earth Ft. Parachute

Melhor cover da musica, sensacional.

A R T E - Elena Serrander

Incrivel artista sueca, suas imagens trazem uma simplicidade e inocencia, com tons mais infantis, e grau de surrealismo faz grandes trabalhos.
Mais trabalhos em sua pagina, http://eleihna.deviantart.com/.





M U S I C A - Between the Buried And Me - Viridian + White Walls (LIVE)

Um dos melhores sons desta grande banda de metal progressivo.

V I D E O S - Homem bate a moto e cai em pé em cima de carro em movimento

Nova forma de pegar carona em um carro.

R E S I S T A - Como a Mídia nos Oprime, Manipula e Doutrina em dez passos

Como a Mídia nos Oprime, Manipula e Doutrina em dez passos:

1- A ESTRATÉGIA DA DISTRAÇÃO O elemento primordial do controle social é a estratégia da distração que consiste em desviar a atenção do público dos problemas importantes e das mudanças decididas pelas elites políticas e econômicas, mediante a técnica do dilúvio ou inundações de contínuas
distrações e de informações insignificantes. A estratégia da distração é igualmente indispensável para impedir ao público de interessar-se pelos conhecimentos essenciais, na área da ciência, da economia, da psicologia, da neurobiologia e da cibernética. “Manter a atenção do público distraída, longe dos verdadeiros problemas sociais, cativada por temas sem importância real. Manter o público ocupado, ocupado, ocupado, sem nenhum tempo para pensar; de volta à granja como os outros animais (citação do texto ‘Armas silenciosas para guerras tranquilas’)”.

A R T E - Hary Wicaksono

Artista indonesio, com um trabalho surreal e muito belo.
Mais trabalhos seus em sua página, http://dirtydusel.deviantart.com/.





A R T E - Boban Savic

Um grande artista sérvio, com muitos detalhes e bastante complexo, traz uma arte linda. Mais trabalhos seus em sua página, http://getoart.deviantart.com/.





R E S I S T A - 7 dicas para despertar do controle social da elite

Mas afinal, por que governos, mídias e religiões querem que você seja uma pessoa nula socialmente? Simples, você é um escravo da elite dominante e ela suborna governos, mídias, religiões e faz tudo que for possível para continuar assim. A elite não quer perder, de forma alguma, seu poder e luxos garantidos pela exploração do seu sofrimento através do sistema financeiro. A elite te controla, porque você consente.
Estima-se que essa elite representa, no máximo, 1% da população mundial e inclui oligarcas do petróleo, banqueiros, políticos, megaempresários, magnatas da comunicação, bispos, latifundiários e outros poderosos.
Soluções:
1-Desligue a TV.

R E S I S T A - A farsa eleitoral

As eleições possuem um efeito centralizador, as ações políticas passam a ser feitas para a populução pelos seus representantes, deixando ao povo apenas o papel de apoiador passivo. Representantes que vem de partidos, que são controlados por líderes não pertencentes a classe trabalhadora, fazendo com que os trabalhadores substituam a autogestão da luta social por esses partidos.

O Estado burguês foi criado para cumprir um regime de minoria, onde sua estrutura, de cima para baixo garante a submissão da população e a proteção da burguesia (latifundiários, banqueiros, corporações, grandes empresários, mídia, etc.), que possuem interesses completamente diferentes. Esta reprodução política é facilmente observada, quando vemos o descaso com os serviços públicos primordiais, como educação, saúde, saneamento básico, segurança, enquanto isso boa parte dos recursos públicos vão para a iniciativa privada, como por exemplo, o pagamento da dívida pública aos bancos nacionais que consome quase met…